O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia. Ponto final. O que comeres vai cair num estômago necessitado depois de 8 ou 9h de jejum e permitir-te começar o dia a todo o gás.

   Para além disso, é a refeição na qual podes ingerir mais calorias, uma vez que vais ter o dia todo para as gastar.

 

   No teu pequeno-almoço não pode faltar fruta (vitaminas e fibra), hidratos de carbono (energia e fibra) e leite (cálcio, proteína e hidratação). Sabendo isto, existem imensas variáveis. Apresento-te algumas:

 

 

Opção 1

Um copo de leite (meio gordo ou magro) de 200ml, pão de mistura e uma peça de fruta (maçã, algumas uvas, etc.). Podes cortar a fruta e comê-la em cima das tostas.

 

 

Opção 2

200ml de leite numa malga com uma mão-cheia de cereais e uma peça de fruta. Os cereais não são a melhor escolha pois têm muito açúcar e aqueles "para crianças" têm inclusivamente muita gordura e sal. Tenta não os comer diariamente.

 

 

Opção 3

Gostas de compota de fruta? Pois, mas ela tem muito açúcar e não faz nada bem. Em vez disso, coze fruta à noite (uma mação ou uma pêra) com raspas de laranja e guarda no frigorífico; de manhã barra a fruta nas tuas tostas integrais e adiciona canela ou, se quiseres o sabor doce, um fio de mel. Também podes fazer isto com banana ou morangos (não precisas de cozer). Completa com um copo de leite.

 

 

Opção 4

Não gostas de leite? Antes de mais, aconselho-te a experimentar leite magro frio, que tem um sabor menos intenso do que o meio-gordo ou gordo. Se mesmo assim não suportares, opta por ovo. Podes cozer o ovo, cortá-lo ao meio e temperar com uma pitada de sal (literalmente 4 pedras de sal fino) e orégãos, comer as claras e barrar a gema nas tostas ou fazer uma omelete de claras de ovo:

 

- bate 3 claras de ovo juntamente com cebola e salsa. Cozinha numa frigideira com manteiga vegetal ou azeite extra virgem (apenas o necessário) e, depois de servida, junta orégãos. De 2 em 2 dias, faz a mesma coisa mas com 2 claras e 1 gema. Acompanha com um sumo de fruta feito em casa.

 

 

Opção 5

Bate 3 claras de ovos, salsa, espinafres, cebola e tomate aos cubinhos. Cozinha como na opção anterior (com uma frigideira com maior diâmetro, para ficar fina) e, ao servir, corta fruta e enrola-a na omelete. Acompanha com um chávena de chá verde frio.

 

 

Opção 6

Detestas leite e ovo ou não gostas de os comer de manhã? Opta por derivados. Os iogurtes naturais são uma boa escolha, mas o sabor não é o melhor, os iogurtes magros têm muito açúcar e os aromatizados muitos conservantes e outros aditivos. Por isso, o melhor mesmo é comeres 3 ou 4 fatias de queijo magro com as tuas tostas integrais, com um sumo de fruta natural a acompanhar.

 

Opção 7

Corta uma maçã, uma fatia de melancia e um kiwi aos cubos, junta quatro uvas e faz uma salada de fruta. O kiwi é ácido, as uvas são doces e a melancia tem muito sumo (a maçã está aí pois tem muita fibra), por isso não precisas de açúcar. Põe a salada de fruta numa taça, uma mão-cheia de cereais noutra e vai comendo das duas; acompanha com um copo de leite. Prometo que é delicioso.

 

 

 

Varia o teu pequeno-almoço: tens aqui sete opções, porque não usar uma para cada dia da semana? Deves evitar comer a omelete todos os dias (prefere o ovo cozido).

 

publicado por DianaKarina às 20:16